W3C

W3C publica a versão preliminar do HTML 5, o futuro do conteúdo Web

A comunidade Web avança em novo padrão HTML em um fórum público do W3C

Contato para Americas, Australia --
Ian Jacobs, <ij@w3.org>, +1.718.260.9447 or +1.617.253.2613

Contato para Europa, África e Oriente Médio
Marie-Claire Forgue, <mcf@w3.org>, +33.492.38.75.94

Contato para Asia
Yasuyuki Hirakawa <chibao@w3.org>, +81.466.49.1170

(também disponível em Inglês, Francês e Japonese; veja também traduções em outros idiomas)


Arquivo de releases para imprensa do W3C

http://www.w3.org/ -- 22 de janeiro de 2008 – O W3C publicou hoje uma versão preliminar (draft) antecipada do HTML 5, uma revisão importante da linguagem de markups para a Web. O Grupo de Trabalho HTML está criando o HTML 5 para ser uma especificação aberta, sem direitos de autor (royalty-free) para conteúdo e aplicações de web rica. O grupo trabalha totalmente aberto, em público, com aproximadamente 500 participantes, incluindo representantes dos membros do W3C ACCESS, AOL, Apple, Google, IBM, Microsoft, Mozilla, Nokia e Opera.

"É claro que HTML é um padrão importante," afirmou Tim Berners-Lee, autor da primeira versão do HTML e Diretor do W3C. "Estou satisfeito de ver que a comunidade de desenvolvedores, incluindo os fabricantes de navegadores, está trabalhando junta para criar o melhor caminho para a Web. É um trabalho duro integrar as contribuições de tanta gente, assim como é um desafio buscar o equilíbrio entre inovação, pragmatismo e idealismo."

Por que a comunidade quer HTML 5?
Desde que em dezembro de 1997 foi publicado o HTML 4 pela primeira vez, engenheiros, projetistas, departamentos de marketing e usuários aprenderam muito sobre a Web como uma meio de comunicação. Os sítios Web refletem esse progresso: já não há mais um monte de páginas estáticas, agora são comunidades de meios de comunicação enriquecidos que impulsionam a participação e uma evolução dinâmica para melhor atender as necessidades dos clientes. Ajax e inovações relacionadas a ele alavancaram demandas por um novo padrão que permitisse que as pessoas criassem aplicações que interoperassem entre plataformas móveis e desktops.

O W3C criou o Grupo de Trabalho HTML em março de 2007 como um fórum para estabelecer um consenso sobre o novo padrão. O grupo já publicou um conjunto de princípios do projeto HTML, que inclui: garantia do suporte ao conteúdo existente, respeito às práticas de codificação amplamente reconhecidas, separação de conceitos (conteúdo da apresentação), e oferecer acesso universal. Estes princípios ajudam a orientar as tomadas de decisão dos grupos.

Que tem de novo no HTML 5
Algumas das  novas características mais interessantes para os autores são as API para desenhos gráficos em duas-dimensões, a incorporação e controle de conteúdos de áudio e vídeo, mantendo firme o armazenamento de dados do lado do cliente e oferecer aos usuários a possibilidade de editar documentos e suas partes de forma interativa. Outras características tornam mais fáceis a representação de elementos familiares da página, incluindo <section> <footer>; <nav> (para navegação), e <figure> (para atribuir uma legenda a uma foto ou outro conteúdo incluído na página). Autores poderão escrever em HTML 5 usando uma sintaxe clássica de HTML ou uma sintaxe XML, de acordo com a demanda da aplicação. Veja uma lista de alterações a partir do HTML 4.

A especificação HTML 5 ajuda a melhorar a interoperabilidade e reduz os custos de sotftware ao oferecer regras precisas não somente sobre como usar corretamente os documentos HTML mas também como recuperar em casos de erros. Esta é a primeira versão do HTML desenvolvida sob a política de patentes do W3C Royalty-Free.
Além dos fabricantes de navegadores listados acima, também ajudaram na criação das especificações do HTML 5 os seguintes membros do W3C: BEA Systems, Inc.; Betfair Limited; Boeing; Cisco; Disruptive Innovations; Dreamlab Technologies AG; France Telecom; Hewlett-Packard; IWA-HWG; Mitsue-Links Co., Ltd.; mTLD Top Level Domain Limited; Openwave Systems Inc.; Oxford Brookes University; PicoForms; Queensland University of Technology; Stanford University; University of Innsbruck e the U.S. Library of Congress.

O W3C agradece todos os comentários que receber do público em First Public Working Draft. Veja as  especificações sobre como enviar comentários. O W3C solicita que mais desenvolvedores de ferramentas de autoria participem desta oportunidade de se juntarem ao Grupo de Trabalho HTML para garantir que o HTML 5 atenda as necessidades de seus usuários. O W3C também encoraja que o público possa fazer com que os desenvolvedores de software saibam quais características do HTML 5 tem mais importância.

Sobre o Consórcio World Wide Web (W3C)
O Consórcio World Wide Web (W3C) é um consórcio internacional no qual as organizações associadas, profissionais de tempo integral e especialistas afins trabalham juntos para o desenvolvimento de padrões Web. O W3C realiza a sua missão ao criar padrões, normas e diretrizes que garantem o crescimento da Web no longo prazo. São mais de 400 Organizações Associadas ao Consórcio. O W3C é dirigido conjuntamente pelo Laboratório de Ciência da Computação e Inteligência Artificial do Massachusetts Institute of Technology (MIT CSAIL), nos EUA, pelo Consórcio Europeu de Pesquisa em Informática e Matemática (ERCIM), na França e pela Keio University, no Japão, além de Escritórios Regionais.

Para mais informações, veja em http://www.w3.org/.

W3C Press Release Archive


Válido XHTML 1.0! | Válido CSS!

Webmaster · Última atualização: 23/01/2008 10:00AM