W3C

Notícias

Web.br 2019 - Nós podemos ter a Web que queremos!


No contexto da celebração dos 30 anos da Web, a Conferência Web.br 2019 traz para debate o manifesto de Tim Berners-Lee sobre questões fundamentais de preservação dos princípios originais da Web.

Quando a rede foi criada em 1989, a premissa foi garantir o acesso por qualquer pessoa em qualquer lugar a conteúdos distribuídos em computadores espalhados pelo mundo e conectados à Internet. De 89 para cá, a Web evoluiu e o mundo mudou por conta da sua criação. Hoje, a rede é um espelho de como o ser humano se comporta em sociedade. Grandes corporações também se apoderaram dessa ferramenta e o que era para todos começou a ficar controlado e restrito. Quando falamos de “jardins murados da Web”, temos a exata dimensão de que os princípios originais da rede estão se perdendo.

Grandes empresas de tecnologia criam ambientes controlados e tentam manter os usuários dentro de suas plataformas, oferecendo ao usuário uma gama de serviços e produtos dentro desses ambientes. Assim, já não faz tanto sentido criar uma página Web, por exemplo, pois é possível transacionar (exibir, comprar, vender, pagar, reclamar, dialogar etc.) dentro de uma plataforma de rede social. Além disso, essas plataformas também têm servido de canais de desinformação e de polarização de ideias, bem como se apropriando das informações sobre o comportamento privado. A pergunta é se os usuários têm ideia do que está em jogo? E o que nós queremos para a Web como sociedade civil, academia, governo e empresa? Queremos que continue dessa maneira? Qual o impacto que novas tecnologias como inteligência artificial tem sobre a Web? Precisamos refletir sobre esses aspectos e trazer preposições e soluções que impactam a Web. Será que conseguimos ou devemos, por exemplo, inserir ética nos algoritmos? "Nem tudo que posso, devo" é o tom da reflexão sobre o uso de tecnologia.

Estamos em um momento em que a Web está se descaracterizando de seus princípios originais. Esses princípios permitiram que as empresas que temos hoje chegassem onde elas estão, exatamente pelo fato da Web ser uma plataforma aberta, colaborativa e universal. Quando esses princípios são minados, o que acontecerá com a Web daqui pra frente? Garantirá a inovação, colaboração e a universalidade? Na Web.br 2019, falaremos sobre temas como infraestrutura da rede, tecnologias que melhoram a performance e o uso da Web, sempre acompanhados de análise sobre ética nestes contextos.

Não fique de fora dessa discussão, participe você também da mudança que queremos e esperamos para a Web do futuro. Mais informações em: https://conferenciaweb.w3c.br